Gengivite e Periodontite – O que é?

Gengivite e Periodontite – O que é?

Gengivite e Periodontite – Você sabe o que é?

 

Periodontia

A periodontia é a especialidade na odontologia responsável pela prevenção e tratamento das doenças que acometem a gengiva, osso e ligamento periodontal. Isto é, dos tecidos que fazem a manutenção e sustentação do dente, sendo profissional mais capacitado para o tratamento dos problemas gengivais é o periodontista.
As doenças gengivais mais comuns são a gengivite e periodontite.

 

Gengivite

A gengivite é a doença que se limita a gengiva, que fica inflamada pelo acúmulo de placa bacteriana. O paciente chega ao consultório e sua principal queixa é a gengiva sangrando ou que sangra durante a escovação.
 

Causa

A principal causa da gengivite é o acúmulo de placa bacteriana, formada por bactérias vivas que se agrupam e se posicionam sobre os dentes, quando a escovação é ineficiente.
 

Tratamento

É um problema de fácil tratamento, desde que bem orientado pelo periodontista, que faz a adequação do meio bucal e instrução de higiene oral. A doença normalmente regride em poucos dias caso a inflamação não tenha atingido o tecido ósseo e de sustentação do dente.

 

Periodontite

A periodontite é uma doença infecciosa que atinge os tecidos de sustentação do dente. O seu início se dá com uma gengivite não tratada, que evolui ocorrendo um descolamento da gengiva e a migração dos tecidos em direção a raiz, perda óssea e retração gengival.
 

gengivite e periodontite1 Gengivite e Periodontite – O que é?

 

Causa

A principal causa da doença periodontal é o acúmulo de placa bacteriana, que é formado por bactérias vivas que se agrupam e se posicionam sobre os dentes, quando a escovação é ineficiente. O fumo, estresse, gravidez, diabete e puberdade, podem agravar os sintomas da doença.
 

Os sinais e sintomas

- Na maioria das vezes não tem sintomatologia;
- Gengivas vermelhas, inchadas e com sangramento ao toque;
- Dentes com mobilidade excessiva e mudanças de posição;
- Mau hálito ou gosto ruim na boca, podendo até ser percebido sangramento no travesseiro ao acordar.

 

Tratamento

O tratamento tem como objetivo a estabilização dos tecidos e paralisação da evolução da doença, feito através de limpezas mais profundas para eliminar bactérias presentes nas bolsas periodontais.
Após o diagnóstico do grau da doença, se institui tratamentos de raspagens coroa/raiz objetivando remoção de tártaros e bactérias depositadas nos dentes. Nos casos mais severos o periodontista deve lançar mão de procedimentos cirúrgicos para conseguir controlar a infecção periodontal.
 

Prevenção

Pacientes com histórico de doenças periodontais devem ter consciência de que a manutenção periódica preventiva é a única forma de garantir os resultados ao longo prazo, impedindo a progressão da doença e garantindo a manutenção da saúde. Pode ser feita de 3 em 3 meses ou de 6 em 6 meses, dependendo das necessidades de cada paciente.